Onyx pede fim do isolamento: “Temos que ter outro olhar”

Ministro da Cidadania afirmou que manutenção da medida pode transformar miséria em uma "segunda tragédia"

0
38

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, defendeu nesta quarta-feira (8) o fim das medidas de isolamento social realizadas pelos governos estaduais e municipais brasileiros em razão da pandemia de Covid-19. Na opinião dele, a medida pode virar uma “segunda onda de tragédia”.

– Como vamos impedir que a miséria e o desemprego sejam a segunda onda da tragédia? A primeira é o coronavírus – disse.

Onyx também falou sobre a postura do ministro Luiz Henrique Mandetta no comando do Ministério da Saúde e disse que aprovou a decisão do colega de liberar a prescrição da hidroxicloroquina para o tratamento do coronavírus.

– Eu gostei muito da postura dele, da mudança, que tem que ser saudada. Se o médico julgar adequado, isso pode dar bons resultados – afirmou.

Lorenzoni ainda fez duras críticas contra as tentativas de golpes ao auxílio emergencial, ajuda de R$ 600 aos trabalhadores informais e população de baixa renda durante a pandemia do coronavírus. Em sua declaração, ele disse que a pasta vai investigar os fraudadores.

– Um aviso aos fraudadores, um aviso a essas pessoas que são uns verdadeiros canalhas, porque não têm coração: tem gente tentando fraudar, nós já derrubamos vários sites, nós vamos atrás pra ver qual é o CPF que tá atras de roubar dinheiro de quem mais precisa. Tem que ser muito bandido – completou.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO