Acusação dos EUA sobre origem da pandemia do coronavírus é ‘insana’, diz China

Declarações recentes de Trump e Pompeo elevaram a escalada de tensões entre as potências.

0
40

A emissora estatal chinesa CCTV criticou, nesta segunda-feira (4), as “declarações insanas e evasivas” de Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos.

Pompeo voltou a apontar o Instituto de Virologia de Wuhan como a origem da pandemia do novo coronavírus.

No domingo (3), o chanceler afirmou que existe uma “enorme quantidade de evidências” de que o novo coronavírus teve origem no laboratório de Wuhan, cidade chinesa onde o vírus foi registrado pela primeira vez.

Enquanto o regime comunista em Pequim segue negando as acusações dos EUA, outras nações começam a questionar a transparência chinesa ao longo da crise.

O governo da Austrália, por exemplo, está sendo ameaçado economicamente pela China após exigir a abertura de uma investigação sobre a origem do coronavírus.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO