Bolsonaro: “Milhões já sentem como é viver na Venezuela”

0
85
Presidente Jair Bolsonaro criticou medidas de lockdown impostas pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, do PCdoB

O presidente Jair Bolsonaro usou suas redes sociais, na manhã deste domingo (10), para criticar o lockdown adotado pelo governo do Maranhão por decisão da Justiça. Imagens publicadas pelo chefe do Executivo mostram uma batida policial em um ônibus onde as pessoas são obrigadas a comprovar que estão realmente indo para o trabalho.

Aquelas que não conseguiram comprovar, são proibidas de seguir viagem. De acordo com o presidente, coisas assim estão acontecendo em outras partes do Brasil.

– Assim o povo está sendo tratado e governado pelo PCdoB do Maranhão e situações semelhantes em mais estados. O chefe de família deve ficar em casa passando fome com sua família. Milhões já sentem como é viver na Venezuela.

Através do Twitter, o governador do Maranhão, Flávio Dino, disparou críticas ao presidente e o acusou de não fazer nada de essencial para a nação. O político foi rebatido por alguns internautas que o consideraram incapaz de gerir uma crise.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO