Com arma na mão, Roberto Jefferson pede demissão de ministros do STF

“Estou me preparando para combater o bom combate. Contra o comunismo, contra a ditadura, contra a tirania”, diz Roberto Jefferson.

0
240

O ex-deputado Roberto Jefferson, líder do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), defendeu, neste sábado (9), que o presidente da República, Jair Bolsonaro, “demita” e “substitua” os os onze ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em mensagens no Twitter, Jefferson classificou o Supremo como “herança maldita”:

“Bolsonaro, para atender o povo e tomar as rédeas do governo, precisa de duas atitudes inadiáveis: demitir e substituir os 11 ministros do STF, herança maldita.” 

E, citando a concessão da emissora Rede Globo, acrescentou:

“Precisa cassar, agora, todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias GLOBO. Se não fizer, cai.”

O presidente do PTB postou também uma foto segurando um fuzil, e afirmou que estava preparado para combater o comunismo:

“Estou me preparando para combater o bom combate. Contra o comunismo, contra a ditadura, contra a tirania, contra os traidores, contra os vendilhões da pátria. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO