Episódio de “Os Simpsons” chega perto de prever coronavírus e vespas assassinas

0
67

O seriado Os Simpsons ficou conhecido na internet por conseguir “prever o futuro” em seus episódios. Nas redes sociais, internautas têm feito comparações da pandemia do novo coronavírus com o episódio da quarta temporada Marge in Chains, lançado em 1993.

Nele a cidade onde vivem os personagens, Springfield, é atingida pela Osaka Flu, ou Gripe de Osaka, que seria transmitida em caixas com sucos comprados de uma empresa japonesa pelos moradores.

O paralelo, entretanto, tem ignorado o fato da cidade de Osaka ficar no Japão, e não na China, onde o surto de coronavírus começou. A doença também não se espalha em caixas enviadas pelos correios, como ocorre no episódio da animação.

Recentemente, o mesmo episódio parece ter chegado perto de mais uma previsão. Em uma das cenas, os moradores de Springfield pedem uma cura para o Doutor Hibbert. Ele afirma que só tem um placebo, que está em um caminhão perto da casa dele. Os moradores decidem pegar o produto, mas acabam abrindo uma caixa com abelhas assassinas.

No mundo real, os Estados Unidos contam agora com vespas assassinas. Os insetos de origem asiática foram vistos em Washington pela primeira vez esta semana. A diferença aqui é que as principais vítimas dessas vespas são as próprias abelhas.

Segundo os especialistas, o risco que representam para os humanos é significativamente menor. De acordo com Karla Salp, porta-voz do departamento de Agricultura de Washington, as vespas geralmente não atacam as pessoas. “Só atacarão se sentirem ameaçados”, disse Salp.

Os cientistas ainda não sabem como o inseto chegou aos Estados Unidos. Porém, acreditam que as vespas podem ter entrado em caixas de comércio, chegando ao país.

 

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO