Especialistas da ONU saem em defesa de grupos “antifascistas”

0
76

ONU diz que ação dos EUA contra o grupo ANTIFA “prejudica os direitos à liberdade de expressão e de reunião pacífica no país”.

Um grupo de especialistas da Organização das Nações Unidas (ONU) demonstrou grande preocupação com a possível classificação de membros da ANTIFA como “terroristas domésticos” pelo governo dos Estados Unidos.

Em mensagem publicada no Twitter, nesta sexta-feira (19), o perfil da ONU em Genebra escreveu:

“Especialistas em direitos humanos da ONU expressaram profunda preocupação com uma recente declaração do procurador-geral dos EUA descrevendo ANTIFA e outros ativistas antifascistas como terroristas domésticos, dizendo que isso prejudica os direitos à liberdade de expressão e de reunião pacífica no país.”

A mensagem da entidade internacional é uma resposta a uma declaração do procurador-geral dos EUA, William Barr, no final do mês passado, enquanto distúrbios violentos ocorriam em todo o país.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO