Mulher de Queiroz também teve prisão decretada

0
37

Mulher do ex-assessor já é considerada foragida. Queiroz foi preso no interior de São Paulo.

A Justiça do Rio de Janeiro autorizou a prisão de Márcia Oliveira de Aguiar, mulher de Fabrício Queiroz, nesta quinta-feira (18).

Ambos foram assessores parlamentares do senador Flávio Bolsonaro quando ele era deputado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Márcia aparece¹ na folha de pagamento da Alerj de agosto de 2017 como consultora parlamentar e salário de R$ 9,2 mil.

Agentes do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) fizeram buscas em vários endereços, mas não localizaram Márcia em nenhum deles.

Dessa forma, ela já é considerada foragida pelas autoridades.

O marido de Márcia, Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, foi preso na manhã de hoje em Atibaia, interior de São Paulo.

Queiroz estava² em um imóvel que pertence a Frederick Wasseff, advogado da família do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Referências: [1][2]

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO