Bolsonaro, Trump e outros conservadores aderem a rede social “sem censura”

0
189

Políticos de direita estão aderindo a uma nova rede social: chama-se Parler. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seria 1 dos entusiastas, embora não tenha 1 perfil oficial. No Brasil, já estão cadastrados o presidente Jair Bolsonaro e 2 de seus filhos –o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Flávio anunciou a criação de sua conta na tarde desta 4ª feira (1º.jul.2020), pelo Twitter. Ele escreveu: “Siga-me no Parler! A rede social que tem como prioridade a liberdade de expressão!”

flavio-bolsonaro-parler

O Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro tenta criar, já tem 1 perfil. Autoridades norte-americanas, como o senador republicano Ted Cruz, eleito pelo Estado do Texas, também estão na nova rede.

ted-cruz

Eric Trump, filho do presidente Donald Trump, também tem 1 perfil. Há ainda uma conta oficial chamada “Team Trump” (“Equipe Trump”, em português), que diz cuidar da campanha do presidente norte-americano. “Juntos vamos tornar a América grande novamente“, diz a página.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO