Doria sobre companheiros investigados pela PF: “Serra e Alckmin têm a minha solidariedade”

0
48

João Doria, governador tucano de São Paulo, afirmou que o senador José Serra e o ex-governador Geraldo Alckmin têm a sua “solidariedade”. Nesta terça-feira, 21, Serra foi alvo de buscas e teve bens bloqueados no âmbito de um inquérito que investiga indícios de falsidade ideológica na prestação de contas, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Alckmin, por sua vez, foi indiciado na semana passada pelos crimes de caixa dois eleitoral, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Doria saiu em defesa dos companheiros de partido e demonstrou sua solidariedade dos colegas.

“Ambos têm a minha solidariedade: o senador José Serra e o ex-governador Geraldo Alckmin. Defendo a continuidade das investigações, com toda a liberdade, pelo Ministério Público e os organismos investigatórios. Confio que as respostas serão dadas de forma adequada e lembro que estamos no período de investigação, não há nenhuma condenação”, defendeu.

Questionado, Doria também afirmou que não vê razão para os fatos atrapalharem a eleição de seu aliado Bruno Covas, ele diz que essas operações não devem “causar prejuízo ao prefeito Bruno Covas e à sua reeleição”.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO