Argentina decreta alerta para onda de gafanhotos gigantes

0
128

Inseto é 3 vezes maior que o normal

O Serviço de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) decretou alerta após registrar a presença de uma nova espécie de gafanhoto, que é três vezes maior do que o tradicional. Agora, além das nuvens de gafanhotos que circulam pelo país, a Argentina também enfrenta uma onda de gafanhotos-gigantes.

O nome científico do inseto é Tropidacris collaris, mas ele é popularmente conhecido como tucura quebrachera.

O alerta irá durar até o fim de março do ano que vem e propõe medidas sanitárias para combater a praga.

De acordo com o boletim do Senasa, os tucuras “comem muito, alimentando-se de quase todas as plantas, incluindo plantações, pastagens e flora nativa”.

A praga está se espalhando pelas províncias de Santa Fé, Entre Ríos, San Luis e em Pergamino, Buenos Aires. Já nas províncias de Córdoba, Santiago del Estero, Santa Fé, Catamarca, Chaco e Salta houve aumento no número dos insetos.

Até o momento, tanto as nuvens de gafanhotos quanto os gafanhotos gigantes já provocaram devastação nas lavouras de soja, milho, algodão e sorgo, além de matas nativas e pastagens.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO