Cristo Redentor é iluminado com a bandeira do Líbano

0
57

Iniciativa homenageou vítimas da tragédia causada pela forte explosão no porto de Beirute

O monumento ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, recebeu na noite de quinta-feira (6) a projeção da bandeira do Líbano, em homenagem às vítimas da forte explosão que já matou mais de 140 pessoas em Beirute e deixou cerca de 5 mil feridos, além de 300 mil desabrigados.

Do alto do Corcovado iluminado, o padre Omar Raposo, reitor do Santuário Cristo Redentor, fez uma oração pelas vítimas da tragédia junto com o cônsul geral do Líbano no Rio de Janeiro, Alejandro Bitar.

A homenagem partiu de uma iniciativa do Consulado Geral do Líbano no Rio de Janeiro, da comunidade libanesa no Rio de Janeiro, da Arquidiocese do Rio de Janeiro, das Igrejas Melquita, Maronita e Ortodoxa e das instituições líbano-brasileiras do Rio de Janeiro.

Na quarta-feira (5), do Vaticano, o Papa Francisco fez um apelo em prol da cidade de Beirute durante a audiência geral. Na ocasião, ele pediu orações pelas famílias e o comprometimento das autoridades políticas e religiosas.

– Rezemos pelas vítimas e suas famílias e rezemos pelo Líbano, para que, com o compromisso de todos os seus componentes sociais, políticos e religiosos, possa enfrentar este momento trágico e doloroso e, com a ajuda da comunidade internacional, superar a grave crise que está atravessando – disse.

 

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO