Justiça manda Twitter revelar quem controla o perfil Sleeping Giants Brasil

0
41

A juíza Ana Paula Caimi, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), acatou um pedido feito pelo site Jornal da Cidade Online e determinou que o Twitter informe os dados sobre os administradores do perfil Sleeping Giants Brasil.

A informação foi veiculada inicialmente pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

O Twitter, por sua vez, informou que irá recorrer da decisão. O processo tramita em segredo de Justiça.

MÉTODO

O Conexão Política vem alertando sobre a existência do Sleeping Giants Brasil, um perfil nas redes sociais que copia modelos internacionais com o objetivo de sufocar financeiramente portais não adeptos ao progressismo de esquerda.

A iniciativa surgiu nos EUA, durante as eleições de 2016, e tinha como prerrogativa principal iniciar uma linha de boicote voluntário contra iniciativas midiáticas independentes consideradas — por eles — como “sexistas”, “racistas” ou “radicais” de alguma forma.

Assim que chegaram ao Brasil, fizeram seu primeiro alvo: o site Jornal da Cidade Online. Logo em seguida, o Conexão Política foi vítima dos ataques desse grupo anônimo.

Com relação ao CP, absolutamente nenhum relatório e/ou documento foi apresentado a fim de corroborar com a assertiva de que somos propagadores de “fake news” ou “discurso de ódio”.

As supostas “evidências” contra o Conexão Política dizem respeito a publicações de quando nosso portal de notícias ainda nem existia e meia-dúzia de matérias “checadas” por agências cujos critérios são completamente abstratos, subjetivos e modulados à bel prazer dos seus próprios interesses.

Ou seja, utilizam mecanismos fora do contexto para fortalecer uma narrativa criminosa, em que acusam os seus opositores de condutas gravíssimas para retirá-los do debate público e manter o monopólio da informação.

Nosso conteúdo é lido diariamente por grandes autoridades da República, incluindo ministros de Estado, parlamentares do Congresso Nacional, membros do Judiciário e do Ministério Público, além de grandes personalidades da TV, rádio, política, esporte, jornalismo e mercado financeiro.

Nosso quadro interno de colunistas conta com jornalistas, deputados federais e estaduais, professores universitários, cientistas políticos, procurador da República, empresários e influenciadores.

Não admitiremos qualquer iniciativa anônima que se utilize do pretexto de combater supostos preconceitos para promover patrulhamento e vigilância sobre a linguagem e comunicação aplicando mordaça ao antagonismo político. O Sleeping Giants Brasil deve e será combatido com toda a força da lei.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO