Ministro Barroso vira piada na internet após atacar Bolsonaro

0
241

#BarrosoPalhaço ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter

O presidente Jair Bolsonaro foi alvo dos ataques do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, durante uma live promovida pela Fundação Fernando Henrique Cardoso nesta quarta-feira (26). Dentre as várias declarações, Barroso acusou Bolsonaro de defender a ditadura.

– Tempos um presidente que defende a ditadura e a tortura e ninguém jamais considerou alguma solução diferente do respeito à igualdade constitucional. Em face de manifestações autoritárias, tanto pelo presidente ou por pessoas próximas a ele, inclusive evocando a época da ditadura militar, a sociedade civil reagiu a isto com vigor, condenando os ataques às instituições e levando os autores destes ataques a retirarem-nos. Ou seja, a reação brasileira àquilo que ela viu como ameaças, nem que apenas retóricas, levou a reações muito vigorosas.

Em resposta ao ministro, apoiadores do presidente voltaram a mostrar sua força na internet e se unirem contra Barroso. No Twitter, a hashatg #BarrosoPalhaço figurou entre alguns dos assuntos mais comentados do dia.

– Segundo nossa Constituição, é crime de responsabilidade um ministro do STF agir de forma partidaria. Mas a Constituição é apenas um papel quando não se acredita nela. A militância está escancarada e nosso poder moderador está deitado bebendo água enquanto o povo agoniza – declarou uma internauta, que também compartilhou a tag contra Luís Roberto.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO