Lista de empresários deixando a Argentina segue em expansão

0
235

O confinamento prolongado determinado pelo governo Fernández está assustando os empresários estrangeiros.

Um número cada vez maior de empresários estão de malas prontas para deixar o país governado pelos peronistas Alberto Fernández Cristina Kirchner.

Desde companhias aéreas até empresas de autopeças, as filiais locais estrangeiras estão dando adeus ao mercado da Argentina em razão das duras medidas restritivas impostas para tentar conter a proliferação do novo coronavírus.

Neste ano, já são dez casos, de acordo com reportagem do jornal argentino Clarín, que foi propagada pela revista Oeste.

A saída de companhias do país vizinho ao Brasil também abrange os setores aéreo, de telecomunicações e têxtil.

Além do confinamento prolongado determinado pelo governo Fernández, outras questões estão assustando os empresários estrangeiros com negócios na Argentina, como por exemplo a tentativa de estatização do quarto maior exportador de soja do país, a Vicentín, congelamento de preços e alto índice de desemprego.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO