População protesta na Itália contra novo lockdown

0
85

Itália impôs a 4ª rodada restrições neste mês. Esta é a mais severa desde o lockdown nacional.

Milhares de pessoas protestaram em vários regiões da Itália contra as novas restrições anunciadas, no último domingo (24), para tentar conter a proliferação do novo coronavírus.

Os protestos terminaram em confrontos com as forças de segurança. Manifestantes foram detidos em diversas cidades, entre elas Milão, capital da região da Lombardia.

As novas medidas restritivas elevaram o mal-estar na Itália, que deve enfrentar, em 2020, a sua pior recessão desde a Segunda Guerra Mundial.

O ministro da Saúde, Roberto Speranza, declarou:

“Estes são dias difíceis. A curva de contágio está crescendo no mundo. Em toda a Europa a onda é muito alta. Devemos reagir imediatamente e com determinação se quisermos evitar números insustentáveis.”

Citando o aumento de casos na Europa como justificativa, o governo italiano pediu a seus cidadãos que não viajem ao exterior, “exceto por razões estritamente necessárias”.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO