Investigação contra Hunter Biden continua no Senado

0
101

“Estou muito confiante de que provavelmente haverá mais transações financeiras”, diz senador.

Os republicanos do Senado dos Estados Unidos, que lideram a investigação sobre o possível caso de tráfico de influência do empresário Hunter Biden na Ucrânia, não planejam desacelerar se o democrata Joe Biden assumir o cargo de chefe da Casa Branca.

O senador republicano Ron Johnson disse que não iria “fechar os olhos” aos recentes desenvolvimentos na investigação envolvendo a família Biden:

Em conversa com o jornal norte-americano The Hill, Johnson declarou:

“Tony Bobulinski se apresentando, o computador sendo revelado, o FBI possivelmente iniciando uma investigação. Já tivemos muita dificuldade em obter as evidências que conseguimos para escrever um relatório, e então, de repente, nosso relatório meio que abriu esse impasse.”

Ao falar de Bobulinski, o parlamentar republicano de Wisconsin estava referindo-se a um ex-sócio de Hunter e James Biden, o filho e irmão — respectivamente — do democrata projetado como vencedor da eleição presidencial.

“Estou muito confiante de que provavelmente haverá mais transações financeiras que provavelmente serão reveladas”, completou Johnson.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO