Suécia alerta contra a ameaça do Islamismo radical

0
53

“Forças islâmicas que recorrem à violência são uma das maiores ameaças à Europa”, diz ministro sueco.

O governo da Suécia alertou que todas as forças que desafiam a democracia, a igualdade e a liberdade de expressão devem ser combatidas.

Em entrevista recente a um jornal local, o ministro sueco do Interior, Mikael Damberg, declarou:

“Hoje, as forças islâmicas que recorrem à violência são uma das maiores ameaças à Europa. O Estado sueco não pode ser neutro quando as pessoas querem mudar nossa democracia.”

Damberg acrescentou:

“A constituição sueca não é neutra, é democrática. Se não defendermos a liberdade de expressão e a igualdade que temos em nosso país, essas forças não poderão ser neutralizadas e combatidas.”

A polícia sueca decidiu iniciar nesta semana um “evento especial nacional” para poder agir rapidamente no caso de um possível ataque terrorista.

A movimentação do governo sueco acontece depois dos ataques terroristas recentes na França e na Áustria.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO