EUA aplicam sanções contra Cuba após protestos pró-democracia

0
224

“Este é só o começo”, diz Biden sobre as novas sanções contra Cuba.

O governo dos Estados Unidos aplicou sanções, nesta quinta-feira (22), contra um ministro da segurança e uma unidade de forças especiais do ministério do Interior da ditadura de Cuba.

Os americanos acusaram as autoridades cubanas por supostos abusos de direitos humanos na repressão a protestos pró-democracia.

Em um comunicado, Biden condenou as “detenções em massa e julgamentos falsos“:

“Este é só o começo. Os Estados Unidos continuarão a punir os indivíduos responsáveis pela opressão do povo cubano.”

Em uma mensagem no Twitter, o chanceler de Cuba, Bruno Rodríguez, classificou as sanções como “infundadas e caluniosas“.

O cubano instou os EUA a aplicarem tais medidas a seu próprio histórico de “repressão diária e brutalidade policial

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO

Deixe uma resposta