Jornalista ataca Bolsonaro e pede reza por morte: “saco de m*****”

0
493

Barbara Gancia não gostou de citação bíblica feita por internauta

A ex-colunista da Folha de São Paulo, Barbara Gancia, foi criticada nas redes sociais após dizer que iria rezar pela morte do presidente Jair Bolsonaro e de seu conselheiro, Olavo de Carvalho. Ambos estão passando por complicações de saúde. A jornalista ainda atacou Bolsonaro e o chamou de “saco de m*****”.

Nesta quarta-feira (14), após a divulgação de que Bolsonaro estava internado por sentir dores abdominais, a ex-apresentadora do Saia Justa, do GNT, escreveu no Twitter que daria início “a mais uma novena, com reza de 3 terços diários, para que Deus defina de forma inequívoca os destinos de Olavo de Carvalho e Jair Bolsonaro, levando-os desta para pior”. Ela ainda fez um pedido a seus seguidores e afirmou que, caso se juntassem a ela, o amor de Cristo os uniria “pela justiça divina”.

Barbara Gancia foi criticada por Tuíte
Barbara Gancia foi criticada por Tuíte Foto: Reprodução

A mensagem recebeu diversas críticas de internautas que a acusaram de falta de ética e de caráter. A jornalista também foi rebatida pelo deputado Carlos Jordy, que a chamou de “demoníaca” e disse que já viu “muita gente rogar praga e esta voltar para si”. Jordy encerrou desejando “que Deus tenha piedade da sua alma doente e infeliz”.

As críticas, entretanto, não intimidaram a jornalista, que ainda respondeu um internauta que citou um versículo bíblico, mandando ele ir ao hospital dizer o versículo para Bolsonaro, a quem chamou de “saco de m**** que você elegeu presidente”.

Jornalista atacou internauta que citou Bíblia
Jornalista atacou internauta que citou Bíblia Foto: Reprodução

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here