Bolsonaro: “Judiciário pode sofrer aquilo que não queremos”

0
63

Presidente discursou na Esplanada dos Ministérios e prometeu discurso ainda ‘mais robusto’ na Av. Paulista

O presidente da República Jair Bolsonaro disse em seu acalorado discurso desta terça-feira (7), na Esplanada dos Ministérios (DF), que o Poder Judiciário “pode sofrer aquilo que não queremos”. Bolsonaro não citou nomes, mas disse que um “ministro específico” está “paralisando a nação”.

– Juramos respeitar a nossa Constituição. O ministro específico do STF perdeu as condições mínimas de continuar dentro daquele tribunal. Não podemos continuar aceitando que uma pessoa específica continue paralisando a nossa nação. Não podemos aceitar. Ou esse poder [Judiciário] pode sofrer aquilo que nos não queremos. Sabemos o valor de cada poder da República – declarou.

Bolsonaro também ressaltou que as manifestações que acontecem em todo o Brasil hoje são em celebração ao “povo brasileiro”.

– Estarei com o povo. É o dia de vocês, não o dia do presidente, não é o dia de nenhum político ou autoridade. Hoje é o dia do povo brasileiro, que vai nos dar um norte. Vai nos dizer pra onde o Brasil deve ir – disse o presidente, antes de prometer um discurso “mais robusto” na Av, Paulista, ainda nesta tarde.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO

Deixe uma resposta