Cidade de São Paulo reduz intervalo entre as duas doses da vacina da Pfizer

0
0

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo anunciou, nesta quarta-feira (20), que o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina da Pfizer contra a covid-19 será reduzido. Até então, o intervalo entre as aplicações era de 56 dias, passando agora a ser de 21 dias.

OMS muda classificação das variantes do coronavírus; confira como ficou Anvisa e USP conversam sobre futuro da vacina em spray contra covid-19 Covid-19 deixou 12 mil órfãos de até 6 anos no Brasil, apontam cartórios

A medida é aplicada somente em pessoas com mais de 18 anos, e em adolescentes o intervalo continua de oito semanas. De acordo com a secretaria, a redução do prazo é consequência do recebimento de 357.354 doses do imunizante na última terça-feira (19).

Imagem: Reprodução/twenty20photos/Envato

Para a CoronaVac, o intervalo continua sendo de 28 dias entre a primeira e a segunda dose, e para a vacina da AstraZeneca a espera é de 12 semanas. Também está permitido aplicar uma segunda dose da Pfizer quando não houver doses da AstraZeneca disponíveis.


Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!

 

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Ataque ransomware na Atento segue afetando call center de várias empresas Nova força fundamental da natureza pode ser real se este estudo estiver correto Eternos │ Cena pós-crédito vaza e revela novo e importante personagem do MCU Moto G9 Power vs Moto G20. Qual comprar? Marvel revela o primeiro Hulk — e é mais estranho do que poderíamos imaginar

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO

Deixe uma resposta