Eduardo Leite rejeita coordenar campanha de Doria

0
13

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, recusou o convite para coordenar a campanha de João Doria à Presidência da República. A iniciativa partiu do próprio tucano paulista, escolhido pelo partido para disputar o Palácio do Planalto no ano que vem.

Permaneço no PSDB, mas não me vejo coordenando uma campanha presidencial, pois serei governador até o último dia do meu mandato e não imagino poder coordenar algo desta dimensão nacional estando focado nos problemas e soluções do meu estado.

Eduardo Leite

De acordo com o ele, Doria precisa de um coordenador que tenha afinidade com sua forma de pensar e fazer política.

Além disso, penso que deve haver uma sinergia entre candidato e coordenador que seja maior do que o simples fato de estarem no mesmo partido. Imagino que o governador Doria busque alguém afinado com sua forma de pensar e fazer política, para além de uma visão meramente partidária.

Eduardo Leite

Segundo colocado nas prévias do PSDB, com cerca de 45% dos votos (Doria teve 54%), Eduardo Leite não disfarçou o abatimento depois do anúncio do resultado, no sábado 27, mas parabenizou Doria. “Eu não quero ser omisso. O que me realiza é saber que eu fiz a minha parte: eu me apresentei e lutei o bom combate”, afirmou.

O post Eduardo Leite rejeita coordenar campanha de Doria apareceu primeiro em Vista Pátria.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO

Deixe uma resposta