Partido Republicano dos EUA acusa Disney+ de se curvar ao PCC da China por censurar episódio de Os Simpsons em Hong Kong

0
22

Parlamentares republicanos estão acusando a Disney + de se curvar ao Partido Comunista Chinês depois que a empresa retirou um episódio de “Os Simpsons” – que criticava o governo da China – de seu serviço de streaming em Hong Kong. 

No mês passado, clientes da Disney + em Hong Kong descobriram que o episódio “Goo Goo Gai Pan” da 16ª temporada de “Os Simpsons” não estava disponível para visualização na plataforma, poucas semanas após o serviço de streaming ter sido lançado no território chinês .

No episódio censurado a família Simpson visita a Praça Tiananmen em Pequim, onde descobre uma placa que diz: “Neste local, em 1989, nada aconteceu”. O local é onde o governo chinês liderado pelos comunistas massacrou um número desconhecido de manifestantes pró-liberdade em 4 de junho de 1989.

O episódio também faz referência à foto icônica “Tank Man”, tirada no dia do massacre, que mostra um manifestante não identificado sozinho diante de uma linha de tanques chineses durante a repressão do governo.

Getty Images

 

Não está claro se a Disney foi pressionada a suspender o episódio, mas a ação vem depois que a legislatura de Hong Kong aprovou uma lei que proíbe a exibição e distribuição de filmes que “endossem, apoiem, glorifiquem, encorajem e incitem atividades que possam colocar em risco a segurança nacional. “

Em uma carta enviada na sexta-feira, o representante da Carolina do Sul Jeff Duncan confrontou o CEO da Disney, Bob Chapek, sobre a aparente decisão de retirar o episódio de Hong Kong.

“O fato de a Disney excluir um episódio de desenho animado satírico que tem o potencial de expor os males do Partido Comunista Chinês é nojento e digno de condenação”, escreveu o congressista. “Estou muito perturbado com a resposta vacilante da Disney em aparentemente acovardar a narrativa da China.

Duncan pediu a Disney para restaurar o episódio “Goo Goo Gai Pan” para audiência em Hong Kong.

“A China deseja apagar da história os protestos e o massacre da Praça Tiananmen de 1989, e parece que a Disney está tentando ajudar a atingir esse objetivo”, escreveu ele. “Eu encorajo fortemente a Disney a reverter seu curso se for cúmplice de alguma forma com o governo chinês, e dizer ao Partido Comunista Chinês para ‘Eat My Shorts’.”

O post Partido Republicano dos EUA acusa Disney+ de se curvar ao PCC da China por censurar episódio de Os Simpsons em Hong Kong apareceu primeiro em Gazeta Brasil – O que está acontecendo no Brasil e no Mundo agora..

O post Partido Republicano dos EUA acusa Disney+ de se curvar ao PCC da China por censurar episódio de Os Simpsons em Hong Kong apareceu primeiro em Gazeta Brasil – O que está acontecendo no Brasil e no Mundo agora..

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here